Dia 1

Bem, depois da publicação anterior, introdutória, começam os relatos dos meus treinos e afins.

A primeira coisa que eu pensei quando comecei a pedalar novamente foi em participar de  um Audax e fazer duas viagens esse ano, uma de 50km e outra de 160km (somente ida).

Mas como chegar (e saber que cheguei) no condicionamento físico ideal para isso?
Claro que eu nunca pensei em viajar 160km em duas horas mantendo a média de um carro a 80km\h e nem mesmo chegar no físico de um atleta profissional, mas dos autos dos meus mais de 110k e a muito tempo sem pedalar, eu terei que ralar um pouco.

Desde janeiro venho ensaiando meus pedais pelas ruas e estradas perto da minha casa. Atualmente (a cerca de 1 ano) eu moro na cidade de Nova Iguaçu, na Baixada Fluminse. Aqui estou bem servido de boas rotas para treinar, como uma estrada que vai da Pavuna, bairro suburbano da cidade do Rio de Janeiro e limitrofe com a Baixada Fluminense, até aqui em Nova Iguaçu além da BR116 (a Presidente Dutra) que liga o estado do Rio de Janeiro ao estado de São Paulo.

Meus primeiros treinos foram realmente dentro de Nova Iguaçu, pelas ruas e pela ciclovia da Via Light. Depois de pegar confiança na bike e em mim mesmo comecei a fazer o trajeto Nova Iguaçu (NI) -> Pavuna -> NI. Algo em torno de 14km.

Como já perdi o Audax 200 do Rio de Janeiro e o desafio dos 100, o que me resta é treinar para as minhas duas viagens deste ano ou para qualquer evento que eu tome conhecimento e seja entre 100 e 200 quilômetros.

Como será meu treino

Eu pedalo pela manhã, antes das 6 horas da manhã. Então tiro 1 hora para fazer 20 quilômetros de circuito misturando ruas e ciclovia.
A noite eu pratico musculação.
Aliado a isso estou tentando manter a minha dieta, recomendada pela nutricionista, nada de Dr. G00gle.
Estipulei que rodaria 20k por dia durante os dias de semana e 60k no final de semana.
Após 3 semanas vou fazer um teste de esforço na esteira da academia, e se estiver bem vou encarar 100k em um dia.

Dia 1

Meta: percorrer 20km em 1 hora (tempo bem generoso)
Realizado: 17,4km em 43 minutos
Resumo: Sai de casa atrasado e com muito sono, dormi depois da meia noite, e sentindo um pouco de frio (?) – que logo que comecei a pedalar mais forte passou. A noite inteira choveu e com o asfalto molhado os buracos eram minha principal preocupação até chegar na ciclovia (que eu também tinha meus receios de ter buracos). Até a ciclovia são 3.6km então fiquei rodando no circuito dela, que tem 1 quilômetro, até somar um pouco mais de 14k no odômetro do ciclocomputador e então parti de volta para casa.
No caminho de casa meu medo virou realidade. Fui desviar de um burado e cai em outro rente a guia da calçada (o que nõs gaúchos chamamos de cordão da calçada) e cai da bike. Nada sério, ralei as mãos e me sujei quando rolei no chão (meus professores de judô, esporte da infância, devem estar felizes pelo meu rolamento perfeito :-)).
O que me espantou foi a solidariedade do camarada do outro lado da rua, que de dentro do seu carro estacionado nem foi capaz de perguntar se eu estava bem.
Cheguei em casa marcando 17,4k, estava preocupado com o meu atraso e então desisti dos 20k, mas amanhã (na realidade hoje, pois essa publicação está atrasada e já passamos da meia noite) vou em busca da meta.

Por hoje, na preça que estou para ir dormir e logo mais treinar, é só. Até o próximo relato.

Anúncios

Sobre jeanjmichel

Analista de sistemas, casado, pai de gêmeas, ciclista amador, professor Padal nas horas vagas e viciado em tecnologia ;)
Esse post foi publicado em treinos e marcado , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s