Ta chegando a hora do Circuito Pedalar RJ 2013

Circuito Pedalar RJ 2013.

Circuito Pedalar RJ 2013.

Eis que o mês de agosto está se acabando e agora faltam exatos 1 mês e dois dias para o Circuito Pedalar RJ 2013.

Será um passeio no Aterro do Flamengo, Rio de Janeiro, em 22 de setembro de 2013 com um percurso de 10 quilômetros em via fechada.
Não se trata de uma competição! É um passeio valendo medalha de participação para todos os inscritos.

As inscrições tem kit free e até um kit com uma bike dobrável. Este último custa R$ 350,00.

Mais detalhes e inscrições: http://circuitopedalar.com.br/

Nos vemos lá!

Publicado em bom de ver, dicas | Marcado com , , | 3 Comentários

Calcular o percentual de inclinação (ou grau/gradiente de inclinação)

Esses tempos eu estava pensando sobre o percentual de inclinação de algumas ladeiras por onde passo corriqueiramente. Sabe aquela ladeira que lhe faz pensar “caraca, se eu estou penando para subir isso aqui imagina a galera no Tour de France subindo por 10, 11, 12 quilômetros”. Então eu fui descobrir como medir a inclinação para saber o quanto eu estou sofrendo por “nada”.

A razão de subida, a inclinação de uma ladeira em relação ao nível do horizonte é dada pela conta:

% de inclinação = ((altitude final – altitude inicial) / distância percorrida) x 100.

Ou seja. Aquela ladeira que você sobe por 400m e passa de uma altura (em relação ao nível do mar) de 6m para 63m equivale a um percentual de subida de:

X = ((43 – 6) / 400) x 100
X = 9.25%

Bem, até aí morreu Neves. O que quer dizer esse número afinal de contas?
Bem, quem acompanha ciclismo de estrada já viu o mapa da altimetria da etapa. Por exemplo, no Tour de France:

Image

Ali está descrito como será o trajeto da etapa. E agora o detalhe da parte que nos interessa, as subidas:

Image

As categorias são 4, 3, 2, 1 e HC (que na verdade são as subidas sem categoria).
Sendo que a categoria 4 é a mais fácil e a 1 a mais difícil. A HC é a impossível 😉

Bem, eu como bom programador, criei o formulário abaixo para que você calcule o percentual de subida (ou gradiente de inclinação) dos seus pedais ou partes dele.
Basta informar a altura inicial, a final e a distância percorrida. Tudo em METROS!

screenCrie o seu agora, só copiar o texto abaixo e colar em um editor de texto como o Notepad ou o Word e salvar como arquivo html. Depois abra no seu navegador de internet 😉

<script language=”JavaScript” type=”text/javascript”>
function calcularGradienteDeInclinacao(altitudeInicial, altitudeFinal, distanciaPercorrida) {
var gradiente;
gradiente =((altitudeFinal – altitudeInicial) / distanciaPercorrida) * 100;
return (new Number(gradiente)).toPrecision(3);
}

function atualizarGradiente() {
var display;
display = document.getElementById(“gradiente”);
display.value = calcularGradienteDeInclinacao(document.getElementById(“altitudeInicial”).value,
document.getElementById(“altitudeFinal”).value,
document.getElementById(“distanciaPercorrida”).value) + “%”;
}
</script>
<style type=”text/css”>
* {
font-family: Verdana, Arial;
font-size: 10pt;
}

.inputNumerico {
text-align: right;
}

.mensagemValidacao {
color: red;
}
</style>
<form>
<table>
<tr>
<td>Altitude Inicial: </td>
<td><input type=”text” id=”altitudeInicial” name=”altitudeInicial” size=”6″ value=”” /></td>
<td>(por exemplo 314)<td>
</tr>
<tr>
<td>Altitude Final: </td>
<td><input type=”text” id=”altitudeFinal” name=”altitudeFinal” size=”6″ value=”” /></td>
<td>(por exemplo 1912)<td>
</tr>
<tr>
<td>Distância Percorrida: </td>
<td><input type=”text” id=”distanciaPercorrida” name=”distanciaPercorrida” size=”6″ value=”” /></td>
<td>(por exemplo 20800)<td>
</tr>
<tr>
<td>Gradiente: </td>
<td colspan=”2″><input type=”text” id=”gradiente” name=”gradiente” size=”6″ /></td>
</tr>
<tr>
<td rowspan=”3″><input type=”button” onclick=”atualizarGradiente();” value=”Calcular” /></td>
</tr>
</table>
</form>

Enjoy it!

Ah, e se você não sabe como descobrir a altura em relação ao nível do mar de onde você passou, programas para smartphones como o Endomondo ou o Stravia registram isso 😉

Qualquer dúvida poste um comentário.

Publicado em dicas, treinos | Marcado com , , , , | 1 Comentário

Acabou o sonho de termos uma seleção de ciclismo de pista no Brasil

Eu juro que não sei mais o que esperar do Brasil e da gente brasileira.

No ano passado postei aqui (http://www.anonymousbiker.wordpress.com/2012/04/13/primeira-selecao-brasileira-de-ciclismo-de-pista) sobre a minha felicidade de termos no Rio de Janeiro um velódromo e uma equipe para ciclismo de pista, focada em formar atletas para as olimpíadas de 2016 no Rio de Janeiro. Seria a seleção brasileira de ciclismo de pista. Um projeto da Federação de Ciclismo do Estado do Rio de Janeiro (FECIERJ).

Você tem ideia do que seria termos a chance de disputar 54 medalhas somente neste esporte?
Você tem ideia do que seria termos um atleta que teve esse velódromo, essa cidade, este Estado como casa nos últimos anos disputar aqui uma olimpíada?
Pois é… vai ficar só na ideia, na nossa imaginação e no sonho infantil de que esse é um país sério, que está focado em trazer para cá todas as modalidades esportivas, produzir algum legado esportivo para e para depois da olimpíada de 2016 no Rio de Janeiro.
Não, não é um país sério e na verdade estão c@#*&¨$% e andando para a olimpíada, o que importa é quando alguns vão lucrar com a olimpíada. O país do futebol está c@#*&¨$% e andando para qualquer outra modalidade esportiva, e digo mais, está c@#*&¨$% para qualquer outro evento esportivo que não seja a copa do mundo de futebol masculino de 2014!

Toda a cagada começou quando algum gênio arquitetou o velódromo do Rio de Janeiro com colunas que impediam os espectadores de “visualizarem” toda a pista.
Até aí, uma reforma bastaria. Porque por motivos muito mais sérios o estádio Olímpico João Havelange (Engenhão) não esta sendo colocado a baixo e reconstruído. Mais aqui é Brasil!!! Vamos detonar o velódromo e CONSTRUIR um novo! É isso mesmo, com a destruição do velódromo a seleção brasileira de ciclismo de pista ficou sem casa, sem ter onde treinar. E adivinha? Acabou! No dia 15 de julho de 2013.

Ainda tentaram um projeto de enviar alguns atletas para fora do Brasil, para que eles mantivessem os treinos, mas aí veio a segunda cagada, a Confederação Brasileira de Ciclismo (CBC) não apoiou a Federação de Ciclismo do Estado do Rio de Janeiro (FECIERJ) na hora em que essa mais precisava. Mais uma vez mostrando que a CBC não serve para pombas nenhuma, alias, igual a Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

Enfim, durou um pouco mais de um ano o sonho.
No site da Confederação Brasileira de Ciclismo (CBC) não achei maiores detalhes sobre a “seleção” brasileira de ciclismo (nem de pista e muito menos de estrada).

Publicado em por aí | Deixe um comentário

Um rolé animal – Suporte para levar cachorro na bicicleta

Suporte para levar cachorro na bicicleta

Suporte para levar cachorro na bicicleta

Será que a minha querida Anita (labradora) ficaria quietinha para dar uma volta de bike comigo? 🙂

Publicado em foto do dia | Deixe um comentário

É amigo, não está fácil para ninguém!

Esse é ninja!

Esse é ninja!

Publicado em foto do dia | Deixe um comentário

É meu amigo, fazer justiça aqui no Brasil é complicado!

Ontem, dia 21 de fevereiro de 2013, o Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro aboliu o laudo feito pelo Instituto Criminalista Carlos Éboli (ICCE) que concluía que a velocidade do carro de Thor Batista quando atropelou e matou o ciclista Wanderson Pereira de Souza na BR-040 em março de 2012 era de 135km/h.

Decisão tomada na 5ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça foi aprovada por dois de três desembargadores votantes (graças a Deus ainda há um sensato que votou contra essa barbaridade!).

A justificativa é que o laudo foi feito depois de que o inquérito já estava em andamento, por tanto invalidando a prova.

Ta de sacanagem né?

É o mesmo que o Zé ser acusado de matar Joaquim, mas depois do inquérito começar o Grissom faz uma perícia na cena do crime e acha as digitais de Antônio, a arma do crime com as digitais dele e um bilhete escrito por Antônio confessando o crime. Mas tudo isso não vale! Opa, pera aí, parou, parou… o inquérito contra Zé já havia começado meu amigo, e esse laudo é inválido! Nós não podemos mudar o rumo do inquérito!

Brasiuuuuu siuuuu siuuuuuu, um país de POUCOS!

Publicado em por aí | Marcado com , , , , , | Deixe um comentário

Bicicletário feito de tonel

Bicicletário feito de tonel.

Bicicletário feito de tonel.

Perfeito, de uma metade do tonel você faz uma churrasqueira e da outra um bicicletário 😉

Publicado em foto do dia | Deixe um comentário